top of page

Celebrar as Épocas do Ano: São Nicolau.

Atualizado: 10 de jan.


Hoje, queremos partilhar contigo a tradição de São Nicolau, celebrada principalmente no Norte da Europa e em algumas áreas dos Estados Unidos, devido à sua história compartilhada. Esta festa tem raízes na generosidade e no pensar no próximo.




A celebração de São Nicolau remonta ao século IV, época em que Nicolau era bispo na cidade de Myra, na Turquia. Ele faleceu por volta de 6 de dezembro, data em que a Igreja Católica, a Igreja Ortodoxa, a Igreja Anglicana e a Igreja Luterana celebram São Nicolau. Ele era conhecido por suas boas ações e caridade, refletidas em muitas lendas.


Nicolau tornou-se padroeiro de marinheiros, crianças, meninas em idade casadoira, prisioneiros e mercadores, entre outros. Hoje, não o invocamos mais para obter ajuda ou proteção, mas essa era a tradição em épocas passadas. Ele também é padroeiro da Noruega, Grécia, Rússia e da cidade de Amsterdão, nos Países Baixos.


São Nicolau é celebrado durante o Advento, e isso não é coincidência. Na corrida para o Natal, comemoramos com presentes e doces. Ele é como uma tempestade antes da calma, mas no meio da tempestade, também há silêncio.

Nicolau nasceu em 350 d.C., em Patara, e morreu por volta de 6 de dezembro. Ele é frequentemente representado com uma capa vermelha, mitra vermelha e uma longa barba branca.


Vindo de uma família abastada, Nicolau demonstrou bondade desde tenra idade. Uma história conhecida sobre sua generosidade conta que ele ajudou um homem pobre, dando dotes de casamento às suas três filhas. Ele colocava sacos de ouro na casa através da chaminé, onde antigamente as meias eram penduradas para secar, originando a tradição das meias na chaminé.


Nas regiões nórdicas, São Nicolau é celebrado com encenações públicas para crianças. Ele chega numa carroça, trenó ou barco, conduzido por gnomos ou ajudantes, e sabe se as crianças foram boas ou más ao longo do ano.


Até hoje, nas casas que mantêm esta tradição, as crianças esperam com expectativa, algumas aguardando ansiosamente a oportunidade de serem elogiadas por suas atitudes e virtudes.


Apesar de São Nicolau ser baseado no bispo de Myra, sua imagem tem incoerências devido à relação com antigas tradições germânicas. Odin, adorado nas regiões nórdicas até o século VIII, cavalgava pelo céu no seu cavalo Nuvem Branca, originando a imagem de São Nicolau pelos telhados no seu cavalo branco.


Nos Países Baixos, São Nicolau chega num navio a vapor de Espanha, um lugar distante e "outro mundo". Os ajudantes de São Nicolau, conhecidos como Piet, tinham a designação de Zwarte Piet, mas foi abandonada devido a conotações racistas. A origem de Piet é difícil de determinar, mas há teorias sobre sua conexão com a tradição de descer pelas chaminés.


Nos Países Baixos, São Nicolau chega no primeiro sábado ou domingo após o de São Martinho. As crianças colocam os sapatos à noite com uma cenoura para o cavalo e um copo de leite (ou vinho) para São Nicolau e os ajudantes, enquanto cantam canções.


Durante as duas semanas que antecedem o dia de São Nicolau, ele cavalga pelos telhados à noite, deixando guloseimas nos sapatos das crianças.


Após a visita de São Nicolau, cada membro da família distribui os presentes, acompanhados por um poema humorístico sobre o destinatário. Esta noite é conhecida como a noite dos pacotes.


A tradição de São Nicolau valoriza a generosidade e o espírito de dar, ensinando valores de empatia e solidariedade. Ele é um símbolo de generosidade e compaixão, promovendo a ideia de que dar aos outros é uma maneira significativa de celebrar o Natal.


O Dia de São Nicolau é uma celebração que se estende por várias semanas antes do Natal, preenchendo o período do Advento com alegria e expectativa. As histórias e tradições que cercam São Nicolau são destinadas a inspirar generosidade e bondade nas pessoas, especialmente nas crianças.


Lembra-te que o verdadeiro significado da temporada natalícia reside na conexão com os entes queridos e na generosidade que demonstramos uns aos outros. O espírito de São Nicolau lembra-nos de que dar é mais gratificante do que receber.


Esperamos que esta informação seja útil e que possas compartilhar o espírito de São Nicolau com as crianças da tua vida, criando momentos especiais durante a época natalícia.



✨𝗛𝗶𝘀𝘁ó𝗿𝗶𝗮 𝗱𝗲 𝗦ã𝗼 𝗡𝗶𝗰𝗼𝗹𝗮𝘂 ( uma versão)


Muito longe, no Oriente, vivia um bispo bondoso chamado Nicolau.


Certo dia, ouviu contar que no Ocidente havia uma cidade, onde todas as pessoas sofriam uma grande fome, inclusive as crianças.


Nicolau chamou então os seus servos, que o amavam muito, e disse-lhes:


-Tragam-me frutas dos vossos pomares e colheitas dos vossos campos para que possamos saciar os famintos.


Os servos trouxeram cestas com maçãs e nozes. Em cima colocaram pão com mel feito pelas mulheres locais. Trouxeram também sacos cheios de grãos dourados de trigo. O bispo Nicolau ordenou que todas as dádivas fossem levadas num navio. Era um navio grande e bonito, todo branco e a sua vela era azul, como o azul do céu.


O vento soprou na vela do navio para que ele andasse, e quando o vento se cansou, os servos pegaram em remos e levaram o barco para o Ocidente. Viajaram muito tempo: sete dias e sete noites.


Quando chegaram à grande cidade era noite e não se via ninguém nas ruas, mas as luzes brilhavam pelas janelas das casas. O bispo Nicolau bateu numa janela. A mãe que morava na casa pensou ser um viajante pedindo abrigo e mandou o filho abrir a porta. Não havia ninguém diante da porta. A criança correu até à janela. Também não viu ninguém, mas encontrou uma cesta cheia de nozes e maçãs vermelhas e amarelas, e não faltavam os pães de mel. Ao lado da cesta havia um saco repleto de grãos dourados de trigo.


Todas as pessoas comeram as dádivas e ficaram fortes e alegres.


Todos os anos, na data do seu aniversário, ele viaja ate à Terra, monta o seu cavalo branco e vai de estrela em estrela. Lá encontra a Virgem Maria, ela recolhe fios de ouro e de prata para fazer a mantinha do Menino Jesus. Maria então diz-lhe:


- Querido São Nicolau. Volta para as crianças. Leva-lhes as tuas dádivas e diz-lhes que o Natal, o nascimento do Menino Jesus, se aproxima.




RECEITA PEPERNOTEN:


Os pepernoten são biscoitos de especiarias tradicionais da Holanda, geralmente associados à época do Sinterklaas (celebração semelhante ao Natal). Aqui está uma receita simples:


Ingredientes:

200g de farinha de trigo

100g de açúcar mascavo

1 colher de chá de fermento em pó

1 colher de chá de mistura de especiarias (canela, noz-moscada, cravo, cardamomo, etc.)

Uma pitada de sal

100g de manteiga amolecida

1 ovo

2 colheres de sopa de leite


Instruções:

Pré-aquece o forno a 160°C e forra um tabuleiro com papel manteiga.

Numa tigela grande, mistura a farinha, o açúcar mascavo, o fermento em pó, a mistura de especiarias e o sal.

Adiciona a manteiga amolecida e amassa todos os ingredientes até obter uma massa homogénea.

Em seguida, adiciona o ovo e continua a amassar até que a massa fique bem misturada.

Forma pequenas bolas de massa do tamanho de uma noz e coloque-as no tabuleiro, deixando espaço entre elas para expandir.

Assa os biscoitos no forno pré-aquecido por cerca de 15 a 20 minutos, ou até que fiquem dourados.

Retira os pepernoten do forno e deixe-os arrefecer completamente. Eles vão endurecer à medida que arrefecem.

Depois de frios, os pepernoten estão prontos para serem saboreados!

Lembra-te de que podes ajustar as especiarias e o açúcar de acordo com as tuas preferências pessoais.




legenda: S: 1.Nicolau chega a cidade, 2.Mesa das estações da época 3&4.chegada do barco à cidade, 5.S.Nicolau chega a escola, 6,7&8. "surprises" feitas por crianças do 5 ano, 9.crianças vestidas de Piet.






Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page